DSpace

RI UFBA >
Instituto de Psicologia >
Programa de Pós-Graduação em Psicologia (PPGPSI) >
Dissertações de Mestrado (PPGPSI) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/19003

Title: Queixa escolar e adolescência: sentidos construídos em contexto de vulnerabilidade social em Camaçari-Bahia
Authors: Sena, Isael de Jesus
???metadata.dc.contributor.advisor???: Jesus, Mônica Lima de
Keywords: Queixa escolar;Política de juventude;Práticas discursivas;Adolescência;Vulnerabilidade social;School complaint;Youth politics;Discursive Practices;Adolescence;Social vulnerability
Issue Date: 28-Apr-2016
Abstract: A queixa escolar envolvendo adolescentes em contexto de vulnerabilidade social deve ser analisada considerando-se as especificidades da referida etapa do desenvolvimento humano e as condições concretas de existência do estudante. Diante disso, esta pesquisa fundamenta-se numa vertente da Psicologia Social denominada práticas discursivas e produção de sentido, uma abordagem que considera o conhecimento como construção social e busca identificar os processos pelos quais as pessoas descrevem, explicam e/ou compreendem o mundo em que vivem, isto é, constroem repertórios interpretativos que são constituídos histórica e culturalmente. O objetivo principal dessa pesquisa consistiu em investigar os sentidos construídos a partir da queixa escolar envolvendo adolescentes em situação de vulnerabilidade social e as estratégias utilizadas para lidar com a problemática, tendo como ponto de partida as famílias atendidas no Centro de Referência de Assistência Social de Camaçari-BA. Para isso, descrevemos o processo de encaminhamento dos adolescentes ao CRAS, considerando a rede institucional e os trâmites regulatórios e operacionais de tais encaminhamentos, bem como delineamos os sentidos construídos pelos representantes de diferentes instituições; e, após identificar as estratégias utilizadas pelos profissionais que lidam com a queixa escolar, mapeamos a rede acionada. Partimos de dois casos de adolescentes encaminhados ao CRAS e entrevistamos alguns profissionais com o objetivo de captar concepções e estratégias utilizadas. O procedimento de coleta de dados compreende 15 entrevistas episódicas, transcritas na íntegra e submetidas a análise a partir da elaboração de mapas de associações de ideias e da árvore de associações. Com base nos diferentes repertórios interpretativos, constatamos que os estudantes que apresentam dificuldades no processo de escolarização e não correspondem ao ideal da escola são encaminhados para os serviços especializados na tentativa de desenvolverem a temperança e a obediência aos princípios escolares. Assim, a ampliação da rede de abordagem da “queixa escolar” não se deve à compreensão da problemática, e, portanto, das repercussões para o processo de ensino-aprendizagem. Antes, trata-se de mais um desvio da “queixa escolar” que, relacionada ao uso, abuso e tráfico de drogas, e à violência, qualifica o espaço educativo como instrumental do processo hercúleo de sobrevivência de adolescentes e de suas famílias. A presente investigação poderá possibilitar uma melhor compreensão da queixa escolar com adolescentes, em escola pública, em contexto de vulnerabilidade social. Ademais, esperamos contribuir para a elaboração de políticas públicas voltadas para a juventude, ajudando, dessa forma, a reduzir a desigualdade social a que está submetida uma parcela de adolescentes em decorrência da vulnerabilidade individual, social e programática. The school complaints involving teenagers in social vulnerability context must be analyzed considering the specificities of the stage of human development mentioned and the concrete conditions of students’ existence. Facing this, this research is grounded on a branch of Social Psychology called discursive practices and production of meaning, an approach that considers knowledge as a social construction and seeks to identify the processes by which people describe, explain and/or comprehend the world in which they live, that is, they build interpretative repertoires that are constituted historically and culturally. The main objective of this research consisted in investigating the meanings constructed from the school complaint involving adolescents in situations of social vulnerability and the strategies used to deal with the issue, taking as its starting point the families attended in the Social Assistance Reference Center (Centro de Referência de Assistência Social - CRAS) of Camaçari, Bahia. For this, we describe the process of forwarding adolescents to CRAS, considering the institutional framework and the regulatory and operational procedures of such forwardings, as well as outline the meanings constructed by the representatives of different institutions; and after, identifying the strategies used by the professionals who deal with the school complaint, we map the actuated network. We have started from two cases of adolescents forwarded to CRAS and have interviewed some professionals with the objective of capturing concepts and strategies used. The data collection procedure comprises 15 episodic interviews, fully transcribed and submitted to analysis from the elaboration of idea association maps and the tree of associations. Based on different interpretative repertoires, we deduced that students who presented difficulties in the schooling process and do not correspond to the school’s ideals are forwarded to specialized services in an attempt of developing temperance and obedience to school principles. Thus, the expansion of the approach network of the school complaint is not due to comprehending the problematic, and therefore the impact on the teaching-learning process. Rather, it is one more deviation from the “school complaint” that, related to the use, abuse and traffic of drugs, and to violence, qualifies the educational space as a tool for the herculean process of survival of teenagers and their families. The present investigation may enable a better understanding of school complaints with adolescents in public schools, in context of social vulnerability. Moreover, we hope to contribute for the elaboration of public policies for youth, helping thereby to reduce the social inequality to which is submitted a portion of teenagers due to the individual, social and programmatic vulnerability.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/19003
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGPSI)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação de Isael Sena Queixa escolar e adolescência sentidos construídos em contexto de vulnerabilidade social.pdf1.48 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA