DSpace

RI UFBA >
Instituto de Saúde Coletiva - ISC >
Dissertações de Mestrado Profissional (ISC) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/18865

Title: Perfil de utilização de medicamentos pró-coagulantes bypassingdisponibilizados no SUS para tratamento das coagulopatias, Brasil.
Authors: Rodrigues, Silvia Helena Lacerda
???metadata.dc.contributor.advisor???: Cunha, Alcione Brasileiro Oliveira
Keywords: Coagulopatias;Hemofilia;Inibidor;Agentes bypassing;Perfil de utilização;Bleeding disorders;Haemophilia;Inhibitor bypassing agents;Usage profile
Issue Date: 18-Apr-2016
Abstract: As coagulopatias hereditárias são doenças hemorrágicas decorrentes da deficiência quantitativa/qualitativa de um ou mais fatores de coagulação sanguínea, sendo as hemofilias as mais importantes e frequentes. Os pacientes com hemofilia podem desenvolver anticorpos (inibidores) contra o fator deficiente, o que constitui em um desafio terapêutico. O tratamento das crises hemorrágicas em pacientes com inibidor é realizado com agentes bypassing. Este estudo é importante para se ampliar o conhecimento em base epidemiológica dos pacientes que utilizaram agentes bypassing possibilitando o aprimoramento da assistência prestada. Objetivo: Analisar o perfil de utilização dos agentes bypassing distribuídos pelo Ministério da Saúde durante os anos de 2012 e 2013. Metodologia: Trata-se de um estudo descritivo, transversal, de abordagem quantitativa, com base nos dados dos pacientes cadastrados no sistema Hemovida Web Coagulopatias, que utilizaram agentes bypassing nestes anos. Resultados: o perfil de utilização dos agentes bypassing é representado pelos pacientes na faixa etária até 29 anos (69,5%), ensino fundamental incompleto (23,8%), sexo masculino (83,8%), raça branca (43,6%), residentes na região sudeste (48,9%), com Hemofilia A (63%), forma grave da hemofilia (71%), presença de inibidor positiva (56,9%) e inibidor de altos títulos (60,5%). Embora tenha sido evidenciada a utilização off-label (2,8%) para o tratamento de coagulopatias não descritas na bula destes medicamentos. Considerações: Embora tenha sido evidenciado a utilização off-label, o perfil delineado está de acordo com os achados da literatura sobre os fatores associados ao desenvolvimento de inibidores, principal indicação de uso de agentes bypassing, e com as recomendações do Ministério da Saúde.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/18865
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado Profissional (ISC)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Disse MP. Silvia Helena L. Rodrigues. 2015.pdf535.41 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA