DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Educação >
Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) >
Dissertações de Mestrado (PPGE) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/18532

Title: Entre crianças, queixas escolares e atendimento psicológico: um estudo sobre o serviço de psicologia de uma universidade pública baiana
Authors: Encarnação Júnior, Antônio Carlos Dias da
???metadata.dc.contributor.advisor???: Viégas, Lygia de Sousa
Keywords: Psicologia escolar e educacional;Queixas escolares;Serviço de psicologia;School and educational psychology;School complaints;Psychology service
Issue Date: 22-Jan-2016
Abstract: Diante de um momento histórico marcado pelo aprofundamento das desigualdades sociais e aumento do desemprego na luta pela manutenção do capitalismo na condição de modo de produção da existência humana no século XXI, a educação escolar tem sido palco de intervenções político-ideológicas que têm proporcionado o aumento exponencial de crianças encaminhadas aos Serviços de Psicologia, por supostos problemas de comportamento e aprendizagem. A presente pesquisa teve como objetivo caracterizar as crianças encaminhadas por queixas escolares a um Serviço de Psicologia de uma universidade pública baiana, além de identificar as concepções teóricas e metodológicas que orientam as modalidades de atendimento prestadas a esta população. A pesquisa foi realizada através dos arquivos de prontuários deste Serviço, compostos por documentos como Ficha de Triagem, de Evolução do Caso, Encaminhamento Interno e de Encerramento. No total, foram explorados 312 prontuários do arquivo, dos quais 106 foram analisados detalhadamente por serem referentes a Queixas Escolares. Através da Ficha de Triagem identificou-se que, como apontado pela literatura da psicologia escolar e educacional, não se trata de toda e qualquer criança: são predominantemente meninos (69%), negros e pardos (67%), oriundos de famílias com renda até dois salários mínimos (71,6%), cursando entre o 2º e o 4º ano do ensino fundamental (39%) e com idades entre sete e 10 anos (48%). O sistema de categorização das Queixas Escolares utilizado inspirou-se na proposta de Marilene Proença Rebello de Souza (1996), que revelou que às crianças foram atribuídas 246 queixas, uma média de 2,3 queixas por criança. Estas foram referentes a Problemas de Atitude, em 41% dos casos, seguidas de Problemas de Aprendizagem, em 13%. Quanto às duas categorias juntas, foram 44% das queixas relatadas. Do total de 106 casos encontrados, os documentos subsidiaram a identificação de 60 atendimentos prestados por três Modalidades oferecidas pelo Serviço: Terapia Cognitivo-Comportamental (41), Ludoterapia (cinco) e Acompanhamento à Queixa Escolar (oito). Além das modalidades, foram descritos seis casos de avaliação psicodiagnóstica. Os achados indicam que o Serviço de Psicologia pesquisado ofereceu atendimentos em perspectivas patologizantes em duas modalidades: Terapia Cognitivo-Comportamental e Ludoterapia, assim como ofereceu resistência a tais abordagens hegemônicas através do Acompanhamento à Queixa Escolar. Os achados demonstram que o Serviço é um exemplo do embate político relacionado às práticas do psicólogo escolar e educacional frente às queixas escolares que se apresentam na atualidade.
ABSTRACT In this historical moment, marked by the rise of social inequality and rising of the unemployment in the struggle for keep the capitalism as the production mode of human existence in the XXI century, the school education has been the scene of political-ideological interventions that have provided an exponential increase of children complaints to Psychology Services by supposed behavioral and learning problems. This study aimed to characterize the school complaints attributed to the children up to a Psychology Department of a Bahian public university, and identify the theoretical and methodological concepts that guide the modalities of treatment provided to this population. The research was conducted through the Service record files, composed of documents as: Screening Record, Case Evolution Record, Internal Routing and Closing. In total, 312 file records were explored, of which 106 were analyzed in detail because they were related to School Complaints. Through Screening records it was identified that, as pointed out by the literature of school and educational psychology, it is not each and every child: they are predominantly boys (69%), blacks and brown (67%), from families with income up to two minimum brasilian wages (71.6%), studuing between the 2nd and the 4th year of primary school (39%) and aged between seven and 10 years (48%). The Categorization System of School Complaints used in this research was inspired by the one proposal by Marilene Proença Rebello de Souza (1996), which revealed that to the children were attributed 246 complaints, an average of 2.3 complaints per child. These were related to Attitude Problems in 41% of the cases, followed by Learning Problems with 13%. For the two categories together, there were 44% of the reported complaints. Of the total of 106 cases found, the documents supported the identification of 60 treatments realized by the institution, provided by three modalitys of treatment offered by the Psicological Service: Cognitive-Behavioral Therapy (41), Play Therapy (five) and Accompaniment to the Complaint School (eight). In addition to the modalities, it were described six cases of Psycodiagnostic evaluation. There were found indications that the Psychology Service offered treatments in pathologizing perspective in two modalitys: Cognitive-Behavioral Therapy and Play Therapy, and offered resistance to such hegemonical approache through the Accompaniment to the Complaint School. The records found demonstrate that the researched Service is an example of political struggle related to the practices of school and educational psychology in the educational problems that arise today.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/18532
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGE)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Entre Crianças, Queixas Escolares e Atendimento Psicológico.pdf2.47 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA