DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Educação >
Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) >
Teses de Doutorado (PPGE) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/18187

Title: Clic! E era uma vez -: marcas de narrativas visuais na escrita de crianças em contexto escolar
Authors: Araujo, Liane Castro de
???metadata.dc.contributor.advisor???: Arapiraca, Mary de Andrade
Keywords: Escrita de crianças;Escrita - Ensino;Narrativas verbovisuais;Crianças – Linguagem;Intertextualidade;Children´s writing;Writing – Teaching;Verbal-visual narratives;Intertextuality
Issue Date: 4-Nov-2015
Abstract: Esta tese apresenta uma pesquisa em contexto escolar, cujo objetivo foi tornar observáveis os modos de apropriação de elementos de narrativas verbovisuais – quadrinhos, mangás, desenhos animados, filmes e games – em histórias escritas por crianças, revelando relações intertextuais diversas e intercâmbios entre as diferentes linguagens. Nela se discutem as implicações dessas apropriações e desses modos de narrar no ensino da escrita, bem como, a possibilidade de, a um só tempo, a escola validar as apropriações e inserções de elementos de outras linguagens nas histórias escritas pelas crianças e assegurar o trabalho com a textualidade própria da escrita e com as características do texto narrativo. As marcas de tais apropriações revelaram tanto procedimentos legítimos e astutos das crianças relativos à apropriação de conteúdos, linguagens e formatos das narrativas verbovisuais de seu repertório, quanto uma maior ou menor habilidade, ainda em construção, de composição do texto escrito, na relação com gêneros realizados em linguagem verbal e visual. De qualquer modo, as crianças, na composição dos textos, mostram seus esforços de construir e negociar sentidos para considerar o leitor no diálogo e na tensão com os elementos de gêneros verbovisuais. Em situação de ensino da escrita, revela-se produtivo constituir o texto escrito como objeto de reflexão metalinguística sobre a textualidade que lhe é própria, em atividades compartilhadas de produção, revisão e reescrita junto às crianças. Como tal problemática pedagógica implica igualmente uma dimensão cultural mais ampla, atinente às relações das crianças com a mídia, o estudo preocupou-se em contextualizar a discussão do campo do ensino da linguagem escrita no âmbito mais amplo da cultura infantil contemporânea. Reconhecendo a maleabilidade e a mutabilidade da escrita, a heterogeneidade dos textos e o hibridismo das linguagens, a pesquisa fundamenta-se na perspectiva dialógica de linguagem, de sujeito e de autoria de Bakhtin, e em uma concepção de sujeito receptor ativo dos produtos da mídia, que negocia sentidos em sua compreensão responsiva ativa.
ABSTRACT This thesis presents a school-based research, which objective was make observable the modes of appropriation of elements of verbal-visual narratives – comics, mangas, animations, movies and games – in stories written by children, revealing several intertextual relations and exchanges between different languages. It discusses the implications of these appropriations and these ways of narrating the teaching of writing as well as the possibility that at the same time, the school validate appropriations and inserts elements from other languages in the stories written by children and ensure work with the feature textuality of the writing and the characteristics of the narrative text.The marks of such appropriations revealed as much legitimate procedures and cunning of children on the appropriation of content, languages and formats of verbal-visual narratives of his repertoire, as greater or lesser ability, still under construction, to text composition written in relation to genres performed in verbal and visual language. Anyway, the children, in the composition of texts, show their efforts to build and negotiate senses to consider the reader in dialogue and tension with the elements of verbal-visual genres. In writing teaching situation, it proves to be productive constitute the written text as meta-linguistic reflection object on the textuality of its own, in shared activities of production, revision and rewriting with the children. As such pedagogical problems also implies a broader cultural dimension, relating to the relationship of children with the media, the study was worried in contextualize the discussion of the written language teaching within the broader context of contemporary children's culture. Recognizing the suppleness and the writing mutability, the heterogeneity of texts and hybridity of languages, the research is based on dialogic perspective of language, subject and authorship by Bakhtin, and a conception of an active subject recipient of media products which negotiates meaning on your active responsive comprehension.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/18187
Appears in Collections:Teses de Doutorado (PPGE)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TESE LIANE CASTRO DE ARAUJO.pdfTese4.96 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA