DSpace

RI UFBA >
Instituto de Ciência da Informação >
Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação >
Dissertações de Mestrado Acadêmico (POSICI) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/18179

Title: Mediação para acesso, uso e apropriação da informação: um estudo das configurações e práticas das Bibliotecas Públicas Municipais do Estado da Bahia
Authors: Santos, Maria Cristina dos
???metadata.dc.contributor.advisor???: Gomes, Henriette Ferreira
Keywords: Mediação;Apropriação cultural;Mediação da informação;Mediation;Biblioteca Pública;Mediation of information;Cultural appropriation;Public Library
Issue Date: 29-Oct-2015
Abstract: As bibliotecas públicas se caracterizam como importantes dispositivos para a democratização da cultura, o que justificou a escolha do tema da mediação para o acesso, uso e apropriação da informação, realizada por este tipo de biblioteca como objeto deste estudo descritivo, no universo das Bibliotecas Públicas Municipais (BPM) do Estado da Bahia. A questão que se buscou responder com a pesquisa foi se as BPM do Estado da Bahia vêm atuando no paradigma de apropriação cultural, com vistas à realização de ações mediadoras que favoreçam o processo de apropriação dos conteúdos informacionais pelos usuários. Para tanto, adotou-se o método de estudo de múltiplos casos, com o objetivo de verificar se as BPM do Estado da Bahia atuam como dispositivo de apropriação cultural, com ênfase ao processo de apropriação da informação, identificando suas configurações, bem como verificando se as práticas informacionais e culturais favorecem o processo de apropriação da informação, como também reconhecendo e analisando suas práticas de mediações interpessoais. A amostra da pesquisa foi composta por cinco municípios baianos (Alagoinhas, Barreiras, Ipirá, Salvador e Serrinha), perfazendo um total de seis BPM, sendo duas delas pertencentes ao município de Salvador. Os resultados obtidos permitem afirmar que as BPM do Estado da Bahia não possuem uma ambiência acolhedora e funcional, necessária ao conforto dos usuários. Seus repertórios informacionais pouco traduzem as necessidades do público local, não oferecendo acesso às diversas mídias e à internet. O quadro funcional é insuficiente e sem qualificação adequada, o que compromete o uso da linguagem informacional e a qualidade das mediações interpessoais. Essas BPM têm se restringido à realização de animações culturais, sem proporcionar as condições para o desenvolvimento de uma consciência crítica pelos sujeitos. Por fim, concluiu-se que as BPM do Estado da Bahia não têm atuado sob a perspectiva do paradigma da apropriação cultural, mediando o acesso, uso e apropriação da informação e, sim, do paradigma da biblioteca de conservação e difusão, limitadas à manutenção do acervo e disseminação da informação, sem a preocupação central de realizar a mediação para o acesso, uso e apropriação da informação.
ABSTRACT Public libraries are characterized as important devices for the democratization of culture, which justified the choice of the theme of mediation to access, use and ownership of information held by this type of library as an object of this descriptive study, the universe of Public Libraries Municipal (BPM) of the State of Bahia. The question sought to answer the research was that the BPM of Bahia have been working in the paradigm of cultural appropriation, performing actions that favor the mediating process of appropriation of informational content by users. Therefore we adopted the method of multiple cases, in order to verify that the BPM of Bahia device act as cultural appropriation, with emphasis on the process of appropriation of information, identifying your settings, making sure that the information practices and favor the process of cultural appropriation of information, as well as recognizing and analyzing their practices interpersonal mediations. The study sample was composed of five municipalities in Bahia (Alagoinhas, Barreiras, Ipirá, Salvador and Serrinha), making a total of six BPM, two of them belonging to the municipality of Salvador. The results allow us to affirm that the BPM of Bahia do not have a cozy ambience and functional, necessary to the comfort of the users. Their repertoires informational bit translate the needs of the local public, not offering access to various media and internet. The workforce is insufficient without proper qualification, which compromises the use of language and the informational quality of interpersonal mediation. These BPM have been restricted to carrying out cultural activities, without providing the conditions for the development of a critical awareness by the subjects. Finally, it was concluded that the BPM of Bahia have not acted from the perspective of the paradigm of cultural appropriation, mediating access, use and ownership information, and yes, the paradigm of library preservation and diffusion limited maintenance the collection and dissemination of information, not the central concern of performing mediation to access, use and ownership information.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/18179
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado Acadêmico (POSICI)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Maria Cristina Santos.pdf4.31 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA