DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (FFCH) >
Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais (PPGCS) >
Dissertações de Mestrado (PPGCS) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/17733

Title: "No jogo de cintura": política dialoga com cultura. Um estudo sobre a trajetória do Clube de Leitura do Colégio da Bahia. 1964 - 1969
Authors: Santana, Maria Carolina Soares
???metadata.dc.contributor.advisor???: Espiñeira González, Maria Victória
Keywords: História;Política;Ditadura Militar;Bahia;Movimento Estudantil;Cultura;Clube de Leitura;History;Politics;Military Dictatorship;Student Movement;Culture;Reading Club.
Issue Date: 19-May-2015
Abstract: Se política não é uma atividade exclusiva dos órgãos das esferas institucionais e se apresenta socialmente nas suas mais diversas formas ou propostas, percebemos a participação de diversos setores, principalmente o estudantil, ao longo dos anos de Ditadura Militar no Brasil, como sendo dotada de um amplo sentido político. O movimento estudantil deve ser analisado de acordo com o contexto social, cultural e político no qual esteja inserido. Desta maneira, observam-se, no percurso do presente trabalho, os estudantes como instigadores de ações diversificadas e inovadoras em um momento que se mostrou opressivo e limitador da liberdade cultural e de pensamento no país. Assim, a Cultura passa a se utilizada como um dos palcos de atuação política em seu sentido mais amplo. Não por acaso, encontra-se, no Colégio Central da Bahia, um ambiente politicamente agitado e possuidor de entidades representativas estudantis, a fundação do Clube de Leitura no ano de 1964. Clube este que passou a utilizar o “jogo de cintura” como estratégia, em meio à conjuntura política tensa que estava inserido, para não gerar conflitos e prolongar seu tempo de vida e de atividades no interior da citada instituição de ensino.If policy is not an exclusive activity in the governmental institutional spheres and socially presents itself in its various forms or proposals, the participation of various sectors is seen, especially the student body, throughout the years of military dictatorship in Brazil, as being endowed with an broad political sense. The student movement must be analyzed according to social, cultural and political context in which it is inserted. Thus, if observed, in the course of this study, students as instigators of diverse and innovative actions at a time that proved oppressive and limiting the freedom and cultural thought in the country. Thus, culture will be used as one of the venues of political action in its broadest sense. Not by chance, is at Colégio Central da Bahia, a politically hectic environment and possessor of student representative bodies, the foundation of the Reading Club in 1964. This Club that started using the "balancing act" as a strategy amid the tense political situation that it was inserted in, to not create conflicts and prolong its life and activities within the said institution.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/17733
ISSN: Dissertação
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGCS)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação_de_Maria_Carolina Soares Santana.pdf2.32 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA