DSpace

RI UFBA >
Escola de Teatro >
Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas (PPGAC) >
Dissertações de Mestrado (PPGAC) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/17695

Title: Dramaturgias da Dissidências: o repertório d'A Barca pela ótica da revolta
Authors: Santana, Tássio Ferreira
???metadata.dc.contributor.advisor???: Leão, Raimundo Mattos de
Keywords: Repertório;Protesto;Dramaturgia;Modernidade;Historiografia
Issue Date: 14-May-2015
Abstract: Esta dissertação investiga, do ponto de vista da dramaturgia e historiografia, o repertório da Companhia de Teatro “A Barca”, criada por Martim Gonçalves, quando da criação da Escola de Teatro da então Universidade da Bahia – primeira escola de teatro do Brasil vinculada a uma Universidade. Como instrumento de análise para este repertório foi utilizado o conceito de Teatro da Revolta (1967), criado pelo pesquisador americano Robert Brustein. O presente trabalho prevê a sistematização do repertório em subcategorias de análise: peças de drama messiânico, drama social e drama existencial. Entre 1956 a 1961, Martim Gonçalves encena 27 espetáculos, construindo um repertório eclético e moderno. Um peça em especial, A Ópera dos Três Tostões, de Bertolt Brecht, será melhor analisada, porque acredita-se, por uma série de fatores artístico – político – sociais que este espetáculo é a sumidade do repertório. Esta pesquisa investiga ainda o conceito de moderno, modernismo e modernidade, trazendo o pensamento de vários autores como Coelho (1986), Ianni (1996), Machado (2009), Canclini (2013), na tentativa de compreender como se deu a modernização do teatro soteropolitano, pela ótica do protesto.
This thesis investigates, from the standpoint of drama and historiography, the repertoire of the Theatre Company "A Barca" created by Martim Gonçalves, when the creation of the School of Theatre of the then University of Bahia - the first theater school linked to Brazil a University. As an analytical tool for this repertoire the concept of Theatre of Revolt (1967), created by American researcher Robert Brustein was used. This paper provides a systematic repertoire in subcategories analysis: parts of messianic drama, social drama and existential drama. Between 1956 to 1961, Martim Gonçalves staged 27 performances, building a modern and eclectic repertoire. One piece in particular, "A Ópera dos Três Tostões", Bertolt Brecht, will be further analyzed because it is believed, by a series of artistic factors - political - social spectacle that this is the genius of the repertoire. This research also investigates the concept of modern, modernism and modernity, bringing the thought of several authors such as Coelho (1986), Ianni (1996), Machado (2009), Canclini (2013), in attempt to understand how was the modernization of soteropolitano theater, from the perspective of the protest. Keywords: Repertoire. Protest. Dramaturgy. Modernity. Historiography.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/17695
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGAC)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
dissertação completa Tássio.pdf1.44 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA