DSpace

RI UFBA >
Instituto de Ciência da Informação >
Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação >
Dissertações de Mestrado Acadêmico (POSICI) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/16709

Title: Bibliotecas universitárias: mediação e acesso à informação para pessoas com deficiência
Authors: Botelho, Maria de Fátima Cleômenis
???metadata.dc.contributor.advisor???: Carvalho, Kátia de
Keywords: Bibliotecas universitárias;Acesso à informação;Ciência da informação;Mediação da informação;Modelo social da deficiência;University libraries;Access to information;Information science;Mediation information;Social model of disability
Issue Date: 13-Dec-2014
Abstract: Este trabalho focaliza o acesso à informação por pessoas com deficiência em bibliotecas universitárias, especificamente nas bibliotecas do Sistema Universitário de Bibliotecas da Universidade Federal da Bahia (SIBI/UFBA), objetivando investigar o papel mediador exercido por essas bibliotecas e profissionais bibliotecários que nelas atuam. A pesquisa teve como pressuposto, a ausência significativa desses usuários nas bibliotecas e se deteve no atendimento praticado pelo Serviço de Referência (SR) de duas bibliotecas: a Biblioteca Universitária Reitor Macedo Costa (BRUMC) e a Biblioteca Universitária de Saúde (BUS). A fundamentação teórica partiu dos Disability Studies (Estudos sobre Deficiência), formulados por teóricos britânicos da década de 1960, cujos conceitos estruturaram os movimentos pelos direitos das pessoas com deficiência, intensificados mundialmente. Apresenta o Modelo Social da Deficiência, bem como os aspectos históricos relacionados à problemática da deficiência, abordando questões relativas ao preconceito, segregação e direitos humanos. Aborda também o conceito de mediação da informação, a importância do SR e sua prática relacionada às competências em informação, dos profissionais bibliotecários. Efetuou-se uma pesquisa exploratória, com intuito de conhecer a relação que a biblioteca universitária tem com seus usuários com deficiência, visando contribuir para o aperfeiçoamento desse atendimento. Utilizou-se a entrevista como instrumento de coleta de dados, tendo em vista não apenas o tamanho da amostra, como também às características subjetivas das questões formuladas, que revelaram o caráter essencialmente qualitativo da pesquisa. Os resultados foram obtidos mediante a análise das respostas de dois grupos de bibliotecários do SIBI/UFBA: o primeiro formado pelos bibliotecários gestores e o segundo pelos que atuam no SR. Esses resultados comprovaram os pressupostos iniciais da pesquisa, constatando a ausência de usuários com deficiência nas bibliotecas e também a inexistência de políticas institucionais direcionadas ao atendimento dessas pessoas nas bibliotecas do SIBI/UFBA. Os resultados apontam também para a necessidade de uma discussão mais aprofundada sobre a deficiência e sobre a mediação direcionada a esse público. Sugere-se que mudanças na formação dos profissionais bibliotecários são necessárias, além da elaboração de políticas e ações, por parte do SIBI/UFBA, que permitam maior aproximação como esse público específico.
This study focuses on access to information by people with disabilities in university libraries, specifically in the library system of the Federal University of Bahia (SIBI/UFBA). The objective is to investigate the mediating role performed by these libraries and professional librarians who work in them. The research was based on the significant absence of these users in libraries and has been engaged in the observation of the service given by Service Reference (SR) of two libraries: Reitor Macedo Costa University Library and University Library of Health. The theoretical foundation came from Disability Studies, formulated by British theorists of the 1960s, whose concepts have structured the movement for the rights of people with disabilities, intensified worldwide. Displays the Social Model of Disability, as well as the historical aspects related to the disability, addressing issues of preconception, segregation and human rights. Also addresses the concept of mediation of information, the importance of the SR and practice related to information literacy, of librarians. We conducted a exploratory research, in order to know the relationship that the university library has with its users with disabilities to contribute to the improvement of this service. We used the interview as an instrument of data collection, considering not only the sample size, but also the subjective characteristics of the questions, which show the essentially qualitative nature of the research. Results were obtained by analyzing the responses of two groups of librarians SIBI/UFBA: the first formed by the managers and the second by librarians who work in SR. These results confirmed the initial assumptions of the research, noting the absence of users with disabilities in libraries and also the lack of institutional policies focused on serving these people in the SIBI/UFBA libraries. The results also point to the need for further discussion on disability and on mediation aimed at these users. It is suggested that changes in the education of librarians are needed, in addition to the development of policies and actions by the SIBI / UFBA, enabling closer approach to that specific public.
Description: Rubim, Linda Silva Oliveira ver Rubim, Lindinalva Silva Oliveira
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/16709
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado Acadêmico (POSICI)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissert_BotelhoMFC_v.final[27.10.14].pdf2.22 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA