DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Medicina da Bahia >
Pós-Graduação em Ciências da Saúde (POS_CIENCIAS_SAUDE) >
Teses de Doutorado (POSSAUDE) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/16533

Title: Consumo alimentar, seus fatores explicativos e a associação com a obesidade abdominal em população de etnia negra de Salvador
Authors: Barbosa, Simone Janete Oliveira
???metadata.dc.contributor.advisor???: Lessa, Inês
Keywords: Padrões alimentares;Consumo alimentar;Etnia negra
Issue Date: 11-Nov-2014
Abstract: Objetivo: Descrever o padrão alimentar de adultos de etnia negra segundo o perfil demográfico, socio-econômico, nutricional, atividade física e de saúde. Métodos: Estudo transversal com amostra probabilística de 2.305 indivíduos com idade ≥20 anos, residentes em Salvador, Bahia, Brasil. Foram realizadas entrevistas contendo perguntas de caráter sóciodemográfico, de saúde, e inquérito sobre o consumo alimentar habitual (repetido em 4 dias da semana) cujas respostas foram registradas em questionários específicos. Características gerais do perfil do consumo alimentar foram descritas e os padrões alimentares foram identificados, empregando-se análise fatorial (AF) por componentes principais. Calculou-se ainda o tercil dos padrões, obtendo-se a sua distribuição percentual segundo as variáveis estudadas. Resultados: Dos 2.305 indivíduos estudados, 39,1% eram homens; 53,6% eram de nível socioeconômico médio; 23,0% eram fisicamente ativos; 53,0% tinham obesidade abdominal; 32,1% eram hipertensos e 5,7% diabéticos. Os maiores percentuais de consumo foram para cereais refinados, carnes gordas, doces, café e feijão. A frequência de mais de três refeições/dia foi referida por 48,0% dos indivíduos. Quanto aos padrões de consumo alimentar foram identificados quatro: no 1º houve predomínio dos itens alimentares: feijão, arroz, farinha; carnes gordas e ovo frito. O 2º padrão foi integrado por cereais refinados, manteiga e/ou margarina, leite e derivados integrais; no 3º houve predomínio de frutas, legumes e verduras, e o 4º com predomínio de carnes gordas e ovos fritos e fast foods. Conclusões: Identificaram-se quatro padrões alimentares, os quais se distribuíram diferenciadamente entre os indivíduos investigados segundo as características demográficas, socio-econômicas e de saúde.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/16533
Appears in Collections:Teses de Doutorado (POSSAUDE)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Tese_ISC_ Simone Janete Oliveira Barbosa.pdf1.46 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA