DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Educação >
Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) >
Dissertações de Mestrado (PPGE) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/16151

Title: Conhecimentos tradicionais e ensino de biologia: desenvolvimento colaborativo de uma sequência didática sobre reprodução vegetal
Authors: Paiva, Ayane de Souza
???metadata.dc.contributor.advisor???: Almeida, Rosiléia Oliveira de
Keywords: Biologia (Ensino Médio) - Estudo e ensino;Educação multicultural;Aprendizagem experimental;Conhecimentos tradicionais;Sequência didática;Diálogo intercultural;Trabalho colaborativo;Learning biology;Traditional knowledge;Teaching sequence;intercultural dialogue;Collaborative work
Issue Date: 23-Sep-2014
Abstract: Temos atualmente no campo científico uma discussão importante no que se refere à exposição de conteúdos de biologia como sendo verdades únicas e com valor de estabilidade, em detrimento da valorização de conhecimentos outros dos estudantes, como os conhecimentos tradicionais, sendo a diversidade cultural pouco considerada na prática pedagógica. As plantas representam patrimônio histórico e natural da humanidade e elas têm relação com a construção dinâmica de culturas tradicionais. Fazem parte, portanto, das relações sociedade-natureza e, obviamente, é importante que a educação escolar esteja envolvida na formação cidadã dos estudantes que preze por uma responsabilidade socioambiental com respeito às florestas. Apesar de a Ilha de Maré ser parte do município de Salvador, a cultura e os costumes de seus moradores são bastante diferenciados do que se observa no continente, apresentando práticas peculiares associadas à aproximação e ao uso das plantas. Fundamentada no multiculturalismo crítico e na fenomenologia, nossa pesquisa esteve comprometida na análise do contexto que envolve as aprendizagens geradas a partir de uma sequência didática sobre reprodução vegetal, construída numa perspectiva sociocultural, por meio de uma parceria com a professora de biologia de uma turma de 2º ano do Ensino Médio de um colégio estadual de Salvador que recebe alunos que moram na Ilha de Maré. A partir de estudos de campo em Ilha de Maré com os moradores e os estudantes sobre questões relacionadas às plantas locais, obtivemos subsídio à construção e posterior desenvolvimento em sala de aula de uma sequência didática, avaliada de modo colaborativo com base no processo e no contexto das aprendizagens e nas vozes dos atores sociais envolvidos. Por se tratar de uma pesquisa situada e contextual, na qual construímos e avaliamos a sequência didática a partir da cultura local, enfatizando o contexto em que ocorrem os fenômenos, ela corresponde a um estudo de caso, de abordagem qualitativa. O desenvolvimento da sequência didática apontou alguns aspectos relevantes: a) o diálogo intercultural possibilitou o desenvolvimento de habilidades crítico-argumentativas e favoreceu a compreensão de conceitos sobre reprodução das angiospermas, sendo a ampliação do conhecimento da ciência escolar alcançada, embora não plenamente; b) as atividades avaliativas favoreceram o processo de aprendizagem; c) a abordagem multicultural crítica que desenvolvemos não foi capaz de favorecer o olhar em todos os alunos sobre as possibilidades de risco ao se usar remédios e também os chás, e d) alguns termos científicos foram relatados como de difícil compreensão, evidenciando os desafios ao cruzamento de fronteiras. Destacamos os elementos da sequência didática que podem ser tomados como referência para práticas pedagógicas inovadoras e significantes: a) a abordagem intercultural crítica; b) as formas de avaliação com as habilidades criativas acionadas; c) o uso de outras linguagens nas aulas e na Material Impresso Contextual; d) a explicitação sobre aspectos históricos da construção da ciência e sua natureza; e) a valorização tanto do contexto sociocultural quanto das falas dos estudantes no processo de diálogo; f) a associação entre a reprodução das plantas e questões ecológicas; g) o ensino a partir de plantas conhecidas pelos estudantes, e h) o cuidado para que o enfoque sociocultural de diálogo não interferisse na discussão sistemática do conhecimento científico. Apesar de a sequência didática desenvolvida ser um modelo inacabado, sugerimos que essa ferramenta seja adaptada a outros contextos, sendo os princípios validados nessa pesquisa - ambiental, cultural e epistemológico - recomendados para o desenho de propostas inovadoras de ensino.
ABSTRACT Currently we have in the field scientific an important discussion about exposition of the biology contents as unique truths and with value of stability, to the detriment of the appreciation of other knowledge of the students, as the traditional knowledge, and the cultural diversity has been poorly considered in the pedagogical practice. The plants represent historical and natural patrimony of humanity and they have relation with the dynamics construction of the traditional cultures. They are part, therefore, of the relations society-nature and, obviously, is important that the scholar education is involved civic education of the students that prizes by social environmental responsibility with respect to forests. Although “Ilha de Maré” is part of the Salvador city, the culture and the habits of its residents are quite differentiated from that observed on the continent, presenting peculiar practices associated with the approximation and use of plants. Grounded in critical multiculturalism and in phenomenology, our research was compromised in the analysis of the context that involved the learning generated from a teaching sequence about plant propagation, constructed on a sociocultural perspective, through a partnership with the biology teacher in a class of 2nd year high school students in a public school in Salvador which receives students who live on the “Ilha de Maré”. From field studies in “Ilha de Maré” with residents and students about issues related to local plants, we obtained subsidy for construction and further development in the classroom of a teaching sequence, evaluated in a collaborative form based on the process and in the context of learning and the voices of the social actors involved. Because it is a situated and contextualized research, in which we constructed and evaluated the teaching sequence from the local culture, emphasizing the context in which the phenomena occur, it corresponds to a case study, of the qualitative approach. The development of didactic sequence pointed out some important aspects: a) the intercultural dialogue enabled the development of argumentative and critical skills and facilitating of the understanding of concepts about reproduction of angiosperms, with the expansion of knowledge of school science achieved, though not fully; b) the evaluative activities enable the learning process; c) the critical multicultural approach that we developed was not able to promote in all students the look about the possibilities of risk when using medicines and also teas, e d) some scientific terms were reported as difficult to understand due to the challenges of crossing borders. Include the elements of the teaching sequence that can be taken as reference for innovative and significant pedagogical practices: a) the critical multicultural approach; b) the forms of evaluation with creative skills requested; c) the use of other languages in the classroom and in the contextualized handout; d) the explicitness about historical aspects of construction of science and its nature; e) the valuation of both the sociocultural context and the speech of students in the dialogue process; f) the association between the reproduction of plants and ecological issues; g) the teaching from plants known to the students, and h) the care for the sociocultural approach of dialogue does not interfere with systematic and thorough discussion of scientific knowledge. Although of the teaching sequence developed to be an unfinished model, we suggest that this tool is adapted to other contexts, being the principles validated in this research - environmental, cultural and epistemological - recommended for the design of innovative teaching proposals.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/16151
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGE)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação_Mestrado_Educação.pdf2.74 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA