DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Medicina da Bahia >
Trabalhos de Conclusão de Curso – TCC (Medicina) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/16094

Title: Concentração de hemoglobina fetal e valores do doppler transcraniano em crianças com anemia falciforme.
Authors: Barreto, William César Bispo
???metadata.dc.contributor.advisor???: Lyra, Isa Menezes
Keywords: Anemia falciforme;Hemoglobina fetal;Ultrassonografia Doppler Transcraniana;Acidente Vascular Encefálico
Issue Date: 18-Sep-2014
Abstract: A anemia falciforme é uma desordem genética de prevalência mundial elevada e caracterizada por um espectro amplo de manifestações clínicas, dentre as quais se destaca o acidente vascular encefálico (AVE). Estudos têm demonstrado que a velocidade de fluxo sanguíneo cerebral (VFSC) alterada está associada ao risco maior de AVE. Entretanto, fatores preditores de uma VFSC alterada vêm sendo avaliados através do Doppler Transcraniano (DTC), que é um método não invasivo e importante na medição desse fluxo sanguíneo cerebral. OBJETIVO: Avaliar se há associação entre o nível de Hemoglobina Fetal (HbF) e a velocidade do DTC. DESENHO DO ESTUDO: Trata-se de um estudo transversal com avaliação de indivíduos com anemia falciforme e sem episódios prévios de AVE. POPULAÇÃO E MÉTODOS: A amostra foi constituída por indivíduos que compareceram ao ambulatório de DTC da neuropediatria do Centro Pediátrico Professor Hosannah de Oliveira (CPPHO) do Complexo HUPES ou que estiveram em seguimento hematológico no ambulatório de Hematologia Pediátrica do CPPHO/UFBA. ANÁLISE ESTATÍSTICA: Foi realizada com o auxílio do programa de estatística SPSS, versão 20.0 para Windows. RESULTADOS: Dos 74 pacientes estudados, a média de idade foi de 6,82 com desvio padrão de 3,53 (6,82 ± 3,53). A concentração de hemoglobina (Hb) variou de 5,3 – 12,5 g/dL (7,8 ± 1,2), de HbS 51,1 – 94,3% (83,4 ± 8,3), de HbA2 1,8 – 4,9% (3,5 ± 0,5) e de HbF 1,3 – 40,7% (12 ± 7,1). O resultado do DTC foi 77% (57/74) normal, 17,6% (13/74) condicional e 5,4% (4/74) anormal. Entre os gêneros, o masculino apresentou um valor percentual maior de exames com resultado condicional 61,5% (8/13). Nos pacientes com Hb ≤ 7 g/dL, os valores de VFSC em ambas as artérias cerebrais médias foram maiores quando comparados com pacientes com Hb > 7 g/dL. DISCUSSÃO: Apesar de não terem sido obtidas associações com significância estatística, houve uma tendência a relação inversa entre o nível de HbF e a VFSC. Este achado é corroborado pelos estudos de Steinberg e de Silva et al. CONCLUSÕES: Não observamos associações com significância estatística entre a VFSC e os níveis de HbF. Estudos com um número maior de pacientes são necessários para tentar confirmar a associação entre a HbF e a VFSC.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/16094
Appears in Collections:Trabalhos de Conclusão de Curso – TCC (Medicina)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
William César Bispo Barreto.pdf1.21 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA