DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Educação >
Programa de Pós-Graduação Multidisciplinar e Multi-institucional em Difusão do Conhecimento (DMMDC) >
Teses de Doutorado (DMMDC) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/16087

Title: Robótica pedagógica livre: uma alternativa metodológica para a emancipação sociodigital e a democratização do conhecimento
Authors: César, Danilo Rodrigues
???metadata.dc.contributor.advisor???: Burnham, Teresinha Fróes
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Bomfim, Luciano Sérgio Ventin
Keywords: Robótica pedagógica Livre;Cognição;Emancipação sociodigital;Democratização do conhecimento;Free educational robotics;Cognition;Digital emancipation;Democratization of knowledge;Sociodigital emancipation
Issue Date: 17-Sep-2014
Abstract: Esta investigação se propõe a analisar e a discutir documentos (diário de bordo, respostas a um questionário e gravações de vídeo/áudio) resultantes das atividades em duas das sete oficinas ministradas sobre Robótica Pedagógica Livre: UNEB (Salvador/BA) – 2009/2010 e Universidad de la República/UY (Taller de Arte y Programación – TAP) – 2010, além da apresentação preliminar, por mapas cognitivos, das outras cinco oficinas realizadas no quadro desta pesquisa. Pretende-se, assim, propor uma metodologia de difusão do conhecimento sobre/para Robótica Pedagógica Livre (RPL), tratar e refletir sobre as experiências de aprendizagem – relacionadas às dificuldades e à cognição – vivenciadas pelos educandos no processo de formação e multiplicação na/para produção e difusão do conhecimento sobre/para a RPL. Para isso, emprega-se como metodologia a pesquisa-ação multirreferencial para análise dos documentos e considerações sobre as dificuldades vivenciadas no Espaço Multirreferencial de Aprendizagem (EMA) da RPL. Esse EMA é ocupado por áreas de significação que abrangem o campo da subjetividade, como as emoções (desejos, medos, insegurança, resistência, ansiedade, dúvida, angústias), as novidades e a tomada de decisão, principalmente. Tais áreas de significação se associam, por exemplo, ao domínio do assunto, sistema operacional (Linux) e seus aplicativos, ao manuseio de peças eletroeletrônicas e componentes eletrônicos e à apreensão da linguagem de programação. O processo de formação e multiplicação se organiza da seguinte forma: inicia-se com a apropriação pelos educandos das informações compartilhadas nas atividades da oficina, perpassa o rompimento/transcendência do espaço de acomodação superando as dificuldades vivenciadas, levando-os à reflexão sobre o processo de aprendizagem e propiciando dois momentos de emancipação sociodigital – o desenvolvimento das atividades dentro das oficinas e a multiplicação desses conhecimentos da RPL em outros espaços de aprendizagem (como foi o caso do planejamento e execução de uma atividade de RPL na I Jornada Pedagógica da UNEB, da elaboração e publicação de uma página web sobre propostas pedagógicas da RPL, da escrita e publicação de um artigo científico pelos educandos do TAP, então tornados atores protagonistas do processo de ensino e de aprendizagem). Nas atividades ministradas nas oficinas de RPL, momento essencialmente de formação dos educandos, são desenvolvidos kits de robótica livres e/ou artefatos cognitivos e, no momento de multiplicação, eles replicam e difundem atividades, que foram significativas, em outros espaços de aprendizagem. Nesses dois momentos de emancipação sociodigital, os atores (res)significam as suas experiências de aprendizagem e democratizam o conhecimento fora dos espaços escolares.
ABSTRACT This research aims to analyze and discuss documents (logbook, answers to a questionnaire and recording video/audio) resulting from activities in two of the seven workshops given on Free Pedagogical Robotics: UNEB (Salvador/BA) – 2009 /2010 and University of la República/UY (Taller de Arte y Programación – TAP) – 2010, beyond the preliminary presentation, by cognitive maps, of other five workshops held as part of this research. It is intended, therefore, to propose a methodology for the dissemination of knowledge about/for Free Pedagogical Robotics (FPR), treat and reflect on learning experiences – related to the difficulties and cognition – experienced by learners in the process of formation and multiplication in/for production and dissemination of knowledge about/to FPR. For this, it employs as methodology Action Research Multireferential for document analysis and consideration of the difficulties experienced in Multireferential Space of Learning (MSL) of FPR. This MSL is occupied by areas of significance covering the field of subjectivity, as emotions (wishes, fears, insecurity, resistance, anxiety, doubt, anxiety), news and decision making, mostly. Such areas of significance are associated, for example, to the subject domain, the operating system (Linux) and its applications, handling of electro-electronic parts and of electronic components, and the seizure of the programming language. The process of formation and multiplication is organized as follows: it starts with the ownership by students of the information shared in the workshop activities, permeates the disruption/transcendence of accommodation space overcoming the difficulties experienced, causing them to reflect on the process learning and providing two moments of socio-digital emancipation – development of activities within the workshops and the multiplication of knowledge of FPR in other learning spaces (as was the case with the planning and execution of an activity in “I Jornada Pedagogica da UNEB”, the preparation and publication of FPR pedagogical proposals in a web page, writing and publication of a scientific paper by the students of the TAP; when they become protagonist in the process of teaching and learning). In activities taught in the workshops of FPR, time essentially to students formation, free robotic kits and/or cognitive artifacts are developed and, in time multiplication, they replicate and spread activities, which were significant, in other learning spaces. These two moments of sociodigital emancipation, actors (re)signify their learning experiences and democratize knowledge outside of school spaces.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/16087
Appears in Collections:Teses de Doutorado (DMMDC)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Tese_revisada_final.pdf6.19 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA