DSpace

RI UFBA >
Instituto de Matemática >
Mestrado Multiinstitucional de Pós-Graduação em Ciência da Computação (MMCC) >
Outros (MMCC) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/15760

Title: Análise da Retenção do Alunado da UFBA via Desempenho Acadêmico
Authors: Claro, Daniela Barreiro
Santos, Marcelo Silva
Pereira, Quemuel Leal
Santana, Liz Castro de
Silva, Marcos Antônio de Souza
Teles, Ana Regina Torres Ferreira
Lopes, Denivaldo Cicero Pavão
Ribeiro, Silvana Soares Costa
Lima, Veronica Maria Cadena
Santos, Vaninha Vieira dos
Keywords: retenção;ufba;Mineração de Dados
Issue Date: 15-Aug-2014
Abstract: A Universidade Federal da Bahia (UFBA) foi fundada em 1950, integrando as escolas existentes em Salvador. Ao longo de décadas a UFBA criou diversos cursos de graduação e pós-graduação, tendo realizado também processos de reforma curricular para adequação à lei de Diretrizes e Bases para a educação brasileira (LDB). Em 2012, com o programa de apoio à Planos de Expansão e Reestruturação das Universidades Federais (REUNI), a UFBA amplia sustancialmente a oferta de cursos noturnos, bem como de vagas em cursos diurnos existentes. Nesse caso, ocorreu uma inscrição de aproximadamente 32.000 estudantes devido aos novos cursos, nos quais mais de 10.500 deles estão inscritos em cursos noturnos, os quais 2.107 se referem a cursos noturnos de BI. Dentre as principais diretrizes do REUNI, é possível destacar: um aumento no número de vagas, especialmente para os cursos noturnos, redução no número de evasões e ocupação de vagas ociosos. De acordo com [9], na implementação do REUNI, a taxa de conclusão esperada era em torno de 90% das entradas. No entanto, a taxa de conclusão nos cursos de graduação ainda estão muito abaixo do desejado. Dentre tantos fatores que contribuem com a taxa de conclusão baixa, é possível destacar [16]: 1. a evasão dos cursos e 2. a não conclusão dos cursos no período regular, por tanto, estudantes remanescentes em cursos além do período regular. A não conclusão no período médio é reflexo da retenção propiciada por determinados componentes curriculares no desempenho do alunado, prejudicando a semestralização do discente. A não semestralização causa prejuízos à Universidade, principalmente em cursos em implantação, que devem oferecer obrigatoriamente os componentes curriculares do semestre em questão. Além disso, a retenção propiciada por componentes curriculares traz como consequência imediata a reprovação. Segundo [5], apesar dos potenciais efeitos positivos da reprovação, pode-se destacar dois efeitos negativos referente aos discentes: i) a repetência emperra o fluxo educacional, elevando o custo do discente do ponto de vista da Universidade, no qual cerca do dobro do recurso seria economizado, caso não houvesse repetentes; ii) repetência tem um efeito negativo sobre a auto-estima e motivação dos alunos, além de aumentar a probabilidade de reprovações futuras, com a sua maioria concentrando-se em um pequeno grupo de alunos. Diante deste contexto, é necessário avaliar o desempenho dos estudantes com o intuito de traçar um panorama da qualidade dos cursos e instituições de educação superior no país, segundo recomendações do SINAES (Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior) (INEP, 2012). A análise da qualidade dos cursos e das instituições permite que se detenha um conhecimento do perfil do alunado e consequentemente de fatores que estão ocasionando as retenções. Com isso é possível aumentar as probabilidades de integralização curricular dentro do tempo médio. Assim, o presente projeto teve como principal objetivo analisar o desempenho acadêmico dos discentes com o intuito de destacar quais componentes curriculares e quais fatores são os responsáveis pela retenção e que podem estar prejudicando a integralização curricular no tempo médio dos cursos da UFBA. Especificamente, pretende-se verificar os componentes curriculares por unidade buscando associações destes componentes que podem estar causando a retenção. Com isso, é possível reavaliar as grades curriculares de cada curso que sofreu esta análise por este projeto com vistas a promover pequenos ajustes curriculares de posicionamento de componentes curriculares no fluxo dos cursos. Considerando que o grupo de alunos analisados está relacionado a uma ou mais grades, busca-se observar: 1) se componentes curriculares oferecidos no mesmo semestre contribuem com a não retenção; 2) se alunos retidos ou não retidos tem uma maior tendencia a ser aprovado ou reprovado em determinados componentes curricularas e, 3) quais componentes curriculares representam o foco da retenção em cada curso da UFBA analisado por este projeto.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/15760
Appears in Collections:Outros (MMCC)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Relatorio-PROUFBA.pdf14.76 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA