DSpace

RI UFBA >
Escola de Nutrição >
Programa de Pós-Graduação em Alimentos, Nutrição e Saúde (PGNUT) >
Dissertações de Mestrado (PGNUT) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/15195

Title: Estado nutricional e fatores associados dos idosos residentes em instituições de longa permanência na cidade de Salvador, Bahia
Authors: Pereira, Maria Luiza Amorim Sena
???metadata.dc.contributor.advisor???: Ramos, Lilian Barbosa
Keywords: Estado nutricional;Idoso;Instituição de Longa Permanência para Idosos;Mini Avaliação Nutricional
Issue Date: 14-Jul-2014
Abstract: No Brasil, a população tem envelhecido em um ritmo acelerado, sendo importante compreender as características do processo de envelhecimento que submetem o organismo a alterações com repercussões sobre condições de saúde e nutrição do idoso, especialmente os que residem em instituições. A admissão do indivíduo em Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) impõe alterações na rotina, sobretudo na área da alimentação, o que pode fragilizar a estado nutricional do idoso. Nos últimos anos têm sido desenvolvidos instrumentos que permitem avaliar o estado nutricional de idosos, como a Mini Avaliação Nutricional (MAN), que é utilizada para avaliar esse grupo etário no mundo, com a finalidade de identificar idosos desnutridos e em risco de desnutrição. Objetivo: Avaliar o estado nutricional e fatores associados dos idosos residentes em ILPIs, na cidade de Salvador, segundo a MAN. Metodologia: Estudo transversal, realizado com 296 idosos residentes em 13 ILPIs. Foi aplicado um questionário padronizado, além da MAN, Mini-Exame do Estado Mental (MEEM), Escala Geriátrica de Depressão (EGD-15) e Escala de Atividades de Vida Diária (AVDs). A análise dos dados envolveu além de estatísticas descritivas, os testes t-Student, Qui-quadrado de Pearson e exato de Fisher. Para cálculo da correlação entre as variáveis contínuas foi utilizado o coeficiente de correlação de Pearson. Foram calculadas as razões de prevalência (RP) brutas e ajustadas, segundo regressão de Poisson, e seus intervalos de confiança a 95%. Resultados: A maior parte dos idosos (67,5%) estava desnutrida ou em risco de desnutrição. A MAN se correlacionou com o MEEM (r=0,459; p=0,000), a escala de AVDs (r=0,555; p=0,000), o escore da EGD-15 (r=-0,201; p=0,004) e com a idade (r=-0,115; p=0,049). Na análise multivariada, apenas a capacidade funcional para AVDs apresentou RP estatisticamente significante. Conclusão: A desnutrição e o risco de desnutrição foram condições de ocorrência expressiva entre os idosos avaliados. A escolaridade, o consumo de álcool, a capacidade cognitiva e a capacidade funcional se associaram ao estado nutricional, no entanto, essa última foi a variável que apresentou maior correlação com o estado nutricional e foi observado também que indivíduos dependentes ou parcialmente dependentes para realização das AVDs são mais desnutridos ou em risco do que os indivíduos independentes. Os resultados obtidos sugerem a necessidade da abordagem interdisciplinar no contexto da institucionalização, no sentido de melhorar a saúde e qualidade de vida do idoso.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/15195
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PGNUT)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação_Nut_ Maria Luiza Amorim Sena Pereira.pdf1.29 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA