DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Educação >
Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) >
Grupo de Pesquisa Educação, Comunicação e Tecnologias (GEC) >
Dissertações de Mestrado (GEC) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/14437

Title: Cultura digital e formação de professores: articulação entre os Projetos Irecê e Tabuleiro Digital
Authors: Souza, Joseilda Sampaio de
???metadata.dc.contributor.advisor???: Bonilla, Maria Helena Silveira
Keywords: Inclusão Digital;Formação de Professores;Currículo;Telecentros;Digital inclusion;Teacher training;Curriculum;Telecentres
Issue Date: 22-Jan-2014
Abstract: O tema central desse trabalho é a cultura digital na formação de professores.Buscamos adentrar nessa temática, a partir da nvestigação e análise de um curso de Pedagogia desenvolvido pela Faculdade de Educação da UFBA, através do Programa de Formação Continuada de Professores para o município de Irecê, que apresenta como proposta agregar projetos e ações para favorecer a integração desta cultura entre professores. Nesta pesquisa, a problemática que motivou os estudos partiu da necessidade de identificar, compreender e refletir sobre a existência (ou não) de interdependência entre o Projeto Irecê e o Projeto Tabuleiro Digital, de forma a perceber se esta inter -relação potencializa a formação da cultura digital no contexto de formação de professores. A pesquisa caracteriza - se pela abordagem qualitativa, tomando como natureza do estudo a etnopesquisa formação , que requer do pesquisador reflexões sobre seu processo formativo juntamente com os membros do grupo pesquisado. A pesquisa foi realizada tomando como instrumentos para coleta de informações e reflexão a análise documental, através dos documentos formulados para a elaboração dos projetos Irecê e Tabuleiro Digital; a observação participante, realizada em duas escolas municipais de Irecê, nas dinâmicas desenvolvidas no Projeto Irecê e Tabuleiro digital, e de entrevistas semiestruturadas com os sujeitos selecionados pela participação direta ou indireta nesses dois projetos. Os resultados da pesquisa mostram que para a vivência da cultura digital entre professores, primeiramente, é preciso discutir a concepção curricular dos cursos que formam esses profissionais da educação. Constatamos que a integração desta cultura nos percursos formativos de educadores acontece com a oportunidade de participação em processos contínuos nos quais os professores vivenciem contextos diferenciados que, poderão acarretar mudanças nas suas práticas em sala de aula. Averiguamos que a aproximação entre os projetos Irecê e Tabuleiro Digital contribuiu para a adoção de posturas diferenciadas pelos professores - cursistas, principalmente, ao trabalhar com as tecnologias, superando os medos, as incertezas, colocando em prática o que estavam vivenciando no curso. Mas, apesar de todos os avanços e o desenvolvimento de ações interligadas, percebemos que o movimento de implementar, desenvolver e avaliar os projetos de forma interdependente aconteceu, efetivamente, apenas com a primeira turma de professores formada pelo Projeto Irecê. Hoje, a inter-relação entre os projetos está fragilizada, mas, por outro lado, fortaleceu outros programas/espaços do município de Irecê que passaram a ser responsáveis pela inserção na cultura digital.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/14437
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (GEC)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Joseilda Sampaio.pdf1.85 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA