DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Comunicação >
Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas ( POSCOM) >
Análise de Produtos e Linguagens da Cultura Mediática >
Dissertações de Mestrado (Pós-Com_Análise de Produtos...) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/14016

Title: A luta pela visibilidade na campanha ficha limpa: mídia, movimentos sociais e combate à corrupção política no Brasil contemporâneo
Authors: Guimarães, Thiago
???metadata.dc.contributor.advisor???: Dalmonte, Edson
Keywords: Comunicação;Movimentos Sociais;Mídia;Enquadramento;Participação Política
Issue Date: 29-Nov-2013
Abstract: Este trabalho investiga a relação entre mídia e movimentos sociais a partir da trajetória da campanha Ficha Limpa (2008-2010), que resultou na coleta de 1,3 milhão de assinaturas e aprovação de projeto de lei de iniciativa popular que tornou mais rígidos os critérios para postulação de candidatos em eleições no Brasil. Inicialmente apresenta-se uma proposta de abordagem comunicacional dos fenômenos sociais, a captá-los em processos de interação entre sujeitos em produção e interpretação de sentidos. Em seguida, recorrendo ao modelo deliberativo de democracia, discute-se aspectos da relação entre mídia e democracia. Argumenta-se, a despeito do reconhecimento do cenário de crise na comunicação pública contemporânea, pela manutenção do potencial da mídia de revigoramento do debate em esferas públicas diversas. Nesse sentido, considera-se o papel da internet e de novas mediações tecnológicas na reconfiguração das ações estratégicas de atores coletivos cívicos. À luz desse referencial, examina-se o papel da mídia na promoção de debates públicos ampliados, bem como características das relações entre meios de comunicação e movimentos sociais, analisados integralmente em suas dimensões de oportunidade política, mobilização de recursos e processos simbólicos. Recorre-se a uma visão integrada do conceito de enquadramento, em sua tradição na literatura da comunicação e dos movimentos sociais, para o estudo de discursos mobilizados durante a campanha. Descrito o panorama histórico da iniciativa, com ênfase nas estruturas de oportunidade política que envolveram seu surgimento e desenvolvimento, passa-se à análise empírica de como os temas da campanha Ficha Limpa foram acionados discursivamente em dois contextos de comunicação: 1) textos de divulgação do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral; 2) textos publicados nos jornais Folha de S.Paulo e O Estado de São Paulo. Empregam-se métodos qualitativos e quantitativos de análise de conteúdo, envolvendo os seguintes passos: codificação de componentes dos textos, descrição e cruzamento dos dados. Os achados do estudo podem ser reunidos em cinco eixos: 1) permanência da divisão entre públicos fracos e fortes no jogo da disputa pela visibilidade midiática durante processos de debate na esfera pública; 2) deliberatividade reduzida no discurso dos jornais sobre a campanha, fato que aparenta estar ligado ao alto nível de consenso adquirido pela iniciativa; 3) ressonância social na sociedade brasileira de enquadramentos de ação coletiva centrados na promoção da ética na política; 4)complexidade do cenário editorial brasileiro pós-redemocratização; e 5) influência crescente da mídia digital na reconfiguração da ação coletiva e na promoção de práticas de participação social.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/14016
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (Pós-Com_Análise de Produtos...)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Thiago Guimarães.pdf1.71 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA