DSpace

RI UFBA >
Escola de Enfermagem >
Programa de Pós-Graduação em Enfermagem (PPGENF) >
Teses de Doutorado (PPGENF) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/12128

Title: Especialização em enfermagem sob a forma de residência: experiência transicional na trajetória das egressas
Authors: Silva, Rosana Maria de Oliveira
???metadata.dc.contributor.advisor???: Fernandes, Josicélia Dumêt
Keywords: Residência em Enfermagem;Egressos;Teoria de transição;Credenciamento;Trajetória
Issue Date: 13-Dec-2012
Abstract: O estudo enfoca a experiência transicional na trajetória pessoal e profissional das egressas do Curso de Especialização em Enfermagem Médico-Cirúrgica sob a forma de Residência da Universidade Federal da Bahia. Tem como objetivo geral analisar a experiência transicional na trajetória pessoal e profissional das egressas do Curso. Como objetivos específicos: caracterizar as egressas, certificadas no período compreendido entre 1996 a 2009; apreender os motivos geradores da experiência transicional; descrever a experiência transicional; e, evidenciar as mudanças ocorridas na trajetória pessoal e profissional das egressas, oriundas da experiência transicional. Trata-se de uma pesquisa de cunho exploratório e documental, com abordagem qualitativa, cujo método utilizado foi História Oral de Vida Temática. A Teoria de Transição de Afaf Meleis, considerada uma teoria de médio alcance, é utilizada como suporte teórico. O campo de pesquisa empírica tem como referência a Escola de Enfermagem da UFBA, mas a coleta de informações ocorreu, também, em outros espaços, como residência e locais de trabalho, escolhidos pelas colaboradoras após agendamento prévio, de dezembro de 2010 a março de 2011. Foram entrevistadas 40 egressas, certificadas no período compreendido entre 1996 a 2009, residentes no Estado da Bahia. Utilizou-se como instrumento de coleta das informações um roteiro, que foi aplicado na entrevista semiestruturada, gravada e submetida à Análise de Conteúdo de Bardin e Vala. Foram construídas três categorias de análise e respectivas subcategorias: Motivos geradores da experiência transicional: insuficiência da graduação; necessidade de aprofundar o conhecimento e vivenciar a prática; e experiência prévia com os cenários de prática. Vivência da experiência transicional: condições favoráveis, condições desfavoráveis e consciência da experiência transicional. Mudanças oriundas da experiência transicional: domínio de habilidades e reconstrução identitária. Concluo que a trajetória pessoal e profissional das egressas ocorreu de forma processual e dinâmica, encontrando-se a experiência transicional da realização do Curso como principal evento de mudança. A evidência das mudanças reflete uma transição bem sucedida. As mudanças culminaram por conduzir a egressa ao domínio das habilidades cognitivas, técnico-profissionais e relacionais e, à reconstrução identitária.
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/12128
Appears in Collections:Teses de Doutorado (PPGENF)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TESE ROSANA MARIA DE OLIVEIRA SILvA.pdf4.49 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA