DSpace

RI UFBA >
Instituto de Letras >
Programa de Pós-graduação em Letras e Lingüística (PPGLL até 2010) >
Teses de Doutorado (PPGLL) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/11640

Title: Prefixos derivados de preposições em textos de língua portuguesa do século XVII até a contemporaneidade
Authors: Santana, Davi de Oliveira
???metadata.dc.contributor.advisor???: Poggio, Rosauta Maria Galvão Fagundes
Keywords: Prefixos;Preposições;Gramaticalização;Funcionalismo;Semântica;Morfologia;Prefixes;Prepositions;Grammaticalization;Functionalism;Semantics;Morphology
Issue Date: 2007
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística da UFBA
Abstract: Esta pesquisa, de cunho funcionalista, intitulada Prefixos derivados de preposições em textos de Língua Portuguesa do século XVII até a contemporaneidade, objetiva identificar os processos e os princípios de gramaticalização aplicáveis à mudança preposição > prefixo, bem como analisar os aspectos semânticos dessa mudança com base nas teorias do localismo e dos protótipos. A partir de um corpus constituído de cartas do século XVII (Cartas do Maranhão, de Antônio Vieira) e do século XVIII (Cartas baianas setecentistas), comparam-se, inicialmente, esses dois períodos entre si com as informações etimológicas relativas aos itens pesquisados encontradas, principalmente, em Cunha (1991) e Romanelli (1964) e com os dados do século XIV, referentes às preposições, analisados por Poggio (2002). Em seguida, acrescenta-se a análise de dados de sincronias posteriores (século XIX, Levante da Devassa dos Escravos; século XX, Diálogos do Projeto NURC), chegando até a contemporaneidade, objetivando verificar até que ponto e com que características continua o uso de prefixos formados a partir de preposições. Julgou-se apropriado incluir uma breve exposição e aplicação da nova proposta de estudo multissistêmico da mudança lingüística de Castilho (2003), haja vista que os pressupostos da teoria da gramaticalização relacionados com o princípio da unidirecionalidade, que inclui a premissa do enfraquecimento ou “desbotamento” semântico dos itens que adquirem um maior caráter gramatical, têm sofrido muitas críticas em parte da literatura contemporânea sobre a gramaticalização, e também em razão das dificuldades encontradas em se comprovar a aplicabilidade de tais pressupostos em todos os casos de mudança preposição > prefixo analisados.
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/11640
Appears in Collections:Teses de Doutorado (PPGLL)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Tese de Davi Santana.pdf634.82 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA