DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Medicina da Bahia >
Pós-graduação em Patologia Humana e Patologia Experimental (PGPAT) >
Dissertações de Mestrado (PGPAT) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/11339

Title: Avaliação inicial de atividades imunomoduladoras de extratos de peles e glândulas paratóides de Anuros do semi-árido Brasileiro
Authors: Sá, Matheus Santos de
???metadata.dc.contributor.advisor???: Soares, Milena Botelho Pereira
Keywords: Atividade imunomoduladora;;Anuros;;Semi-árido brasileiro.
Issue Date: 25-May-2013
Abstract: [INTRODUÇÃO] A pele dos anfíbios exibe um verdadeiro arsenal de compostos químicos naturais, com diversificadas atividades biológicas. Esses compostos fazem parte de um complexo sistema de defesa passiva dos anfíbios contra substâncias prejudiciais com as quais eles têm contato nos seus habitats. O semi-árido brasileiro abrange cerca de aproximadamente 11,5% do território nacional, incluindo oito estados da região nordeste e dois da sudeste. O objetivo do trabalho foi investigar a atividade imunomoduladora dos extratos preparados de peles (EP) e glândulas (EG) de espécies de anuros nativos ou endêmicos da região do semi-árido brasileiro. [MÉTODOS] Extratos aquosos foram obtidos a partir da homogeneização da pele dos anuros. (espécies Hyla crepitans, Hyla albopunctata, Hyla spn, Leptodactylus ocellatus, Bufo rubescens, Ceratophrys joazeirensis, Hyla spn2 e Bufo Jimi) em PBS. Para a avaliação da inibição da produção de NO, nós utilizamos células da linhagem J774 (monócitos) que foram cultivadas na presença de IFN - , LPS e os extratos (EP e EG). Visando a avaliação da possível capacidade dos extratos em modularem a atividade de macrófagos na produção de NO e de interferir na proliferação de linfócitos, realizamos dosagem de nitrito através do método de Griess e o cultivo de esplenócitos de camundongos BALB/c estimulados com concanavalina A na presença dos extratos de anuros em concentrações atóxicas, respectivamente. A inibição da linfoproliferação foi determinada pela incorporação de 3H–timidina. [RESULTADOS] Dos oito extratos analisados, três tiveram atividade inibitória superior a 50% da proliferação de esplenócitos estimulados e apenas um extrato na inibição da produção de NO. Um desses extratos (preparado a partir da pele de Bufo rubescens) apresentou atividade inibitória de 100%. Identificamos uma molécula ativa neste extrato, com atividade supressora, que é termo-estável e está presente numa fração de peso molecular menor que 10 kDa. [CONCLUSÃO] Nosso trabalho demonstra que espécies de anuros são uma potencial fonte de moléculas com atividade imunomoduladora. Estudos para isolar e caracterizar a molécula ativa da pele de Bufo rubescens estão sendo realizados.
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/11339
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PGPAT)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação_Med_Matheus de Sá.pdf487.55 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA