DSpace

RI UFBA >
Instituto de Letras >
Programa de Pós-graduação em Letras e Lingüística (PPGLL até 2010) >
Dissertações de Mestrado (PPGLL) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/11147

Title: Uma análise das construções de clivagem e outras construções focalizadoras no espanhol atual
Authors: Pinto, Carlos Felipe da Conceição
???metadata.dc.contributor.advisor???: Ribeiro, Ilza Maria de Oliveira
Keywords: Língua espanhola;Sintaxe gerativa;Focalização;Clivagem;Lengua española;Sintaxis generativa;Focalización;Escisión
Issue Date: 2008
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Letras e Lingüística da UFBA
Abstract: Os estudos sobre o espanhol têm mostrado que o espanhol europeu apenas apresenta as sentenças pseudo-clivadas (1. Quien compró el coche fue Juan; 2. Juan fue quien compró el coche; 3. Fue Juan quien compró el coche) enquanto alguns dialetos do espanhol americano apresentam, além das pseudo-clivadas, as verdadeiras clivadas (1. Fue Juan que compró el coche; 2. Juan fue que compró el coche). Desta forma, esta Dissertação pretende fazer uma descrição do fenômeno da clivagem em quatro variedades do espanhol atual, a saber, Espanha, México, Cuba e Argentina, a fim de verificar se existem diferenças sintáticas entre essas variedades. No primeiro capítulo, apresenta-se uma reflexão sobre alguns pontos que já foram discutidos sobre a estrutura informacional da sentença, as estratégias de focalização nas línguas humanas (e em especial no espanhol) e as construções de clivagem: definição, características, restrições e tipologia. Também são discutidos aspectos das periferias da sentença e da checagem dos traços de foco. No segundo capítulo, são discutidas questões metodológicas, apresentação dos dados e as duas hipóteses de pesquisa: a) tendo em vista suas características sintáticas atuais, o espanhol cubano apresenta mais tipos de clivagem que as demais variedades estudadas; b) seguindo a proposta de estandardização do espanhol americano, espera-se encontrar menos tipos no México, que deve apresentar características semelhantes às da Espanha, um pouco mais de tipos na Argentina e bastante tipos no espanhol de Cuba. Como a clivagem foi uma estratégia pouco produtiva no corpus analisado, o estudo foi ampliado para outras estratégias de focalização, tais como a alteração da ordem básica e a acentuação, que aqui está sendo chamada de focalização in-situ, a fim de averiguar se a clivagem é uma estratégia preterida. Os dados mostraram que a clivagem não é uma estratégia preterida, porém dentre as estratégias de clivagem, a pseudo-clivada básica é a mais produtiva com mais de 50% das ocorrências. No terceiro capítulo, é feita uma análise formal das construções de clivagem e outras construções focalizadoras. As construções pseudo-clivadas são derivadas a partir de uma mini-oração em que o sujeito, gerado numa relação de argumento-predicado, é o elemento focalizado e o predicado é uma relativa livre, que contém uma variável que terá seu valor fixado pelo elemento focalizado. Por outro lado, as construções clivadas são analisadas como tendo uma estrutura específica, em que a cópula focalizadora seleciona uma oração completa. Também é feita uma nova análise das construções de clivagem e é proposta uma unificação das clivadas básicas e pseudo-clivadas extrapostas, que variam apenas no traço [±concordância] do núcleo Cº com o elemento focalizado na posição de SpecCP. Com relação aos dados da alteração da ordem e da acentuação, mostra-se que foco contrastivo pode ser checado nas duas periferias, enquanto o foco informacional é checado preferencialmente na periferia interna. A possibilidade, embora com muito pouca ocorrência, de checagem de foco informacional de elementos preposicionados e adverbiais, mas nunca o sujeito, na periferia esquerda, pode ser uma evidência do inicio de um processo de mudança lingüística no espanhol e de que as regras fonológicas para reconhecimento do acento neutro estejam se enfraquecendo nesta lengua. Por fim são discutidas algumas propriedades formais das línguas humanas que podem estar causando a variação das construções de clivagem no espanhol.
Description: 189f.
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/11147
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGLL)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
dissertacao Carlos Pinto.pdf959.19 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA