DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (FFCH) >
Programa de Pós-Graduação em Filosofia (PPGF) >
Dissertações de Mestrado (PPGF) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/10871

Title: Walter Benjamin: o valor da narração e o papel do justo
Authors: Cruz, Ricardo Souza
???metadata.dc.contributor.advisor???: Couto, Edvaldo Souza
Keywords: Filosofia;Metafísica;Alegoria;Judaísmo;Ética;História;Philosophy;Metaphysics;Allegory;Judaism;Ethics;History
Issue Date: 2007
Publisher: Programa de Pós- Graduação em Filosofia da UFBA
Abstract: O trabalho analisa alguns aspectos do pensamento metafísico do filósofo Walter Benjamin, assim como a importância da narração oral para a formação do sujeito, e o valor da alegoria em seus escritos. Para isso recorro à figura de Rabi Nakhman, um dos últimos representantes do Hassidismo. Seus relatos são originariamente orais que mais tarde foram transpostos à forma escrita. Estes possuem uma profundidade filosófica, mas é sua obra ficcional que influenciou um dos maiores narradores do século XX, Franz Kafka. Recorro a estas duas figuras por reconhecer em suas respectivas obras os atributos do verdadeiro narrador tão importante para o pensamento de Benjamin. Uma das principais características do movimento hassidico é ter transformado a mística judaica (Cabala) numa ética. É a experiência ética do individuo na história que no pensamento de Benjamin se transforma em responsabilidade histórica, responsabilidade essa que converge num messianismo muito particular. É a expectativa messiânica que se transforma na figura do Anjo da História. Os textos selecionados como base para a pesquisa são O Narrador, Experiência e pobreza, Franz Kafka: A propósito do décimo aniversario de sua morte, Sobre a linguagem em geral, sobre a linguagem humana, A tarefa do tradutor, Sobre o conceito da história. A metodologia utilizada na dissertação se realiza por meio da análise hermenêutica dos textos. A pesquisa conclui que o pensamento de Benjamin tem as características de uma obra aberta, onde essa abertura possibilita ao leitor o exercício do comentário. O valor espiritual que Benjamin atribui ao comentário, na história se torna uma experiência ética de caráter libertário. A tensão dialética entre metafísica e materialismo histórico nos confunde sobre o caminho tomado por nosso pensador, mas nos leva a pensar a lucidez de sua obra.
Description: 132f.
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/10871
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGF)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertacao Ricardo Cruzseg.pdf709.77 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA