DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Educação >
Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) >
Dissertações de Mestrado (PPGE) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/10858

Title: O brincar no contexto do adoecimento infantil : um recurso de aprendizagem para o fortalecimento da criança frente à doença e frente à vida.
Authors: Machado, Maria das Graças Queiroz
???metadata.dc.contributor.advisor???: Luckesi, Cipriano Carlos
Keywords: Educação;Resiliência;Ludicidade e humanização em saúde;Resiliency, resilience;Playfulness and humanitarian health Care
Issue Date: 2010
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Educação da UFBA
Abstract: Esta pesquisa tem como foco relacionar a vivência do brincar como recurso para promover o aprendizado da resiliência de crianças e adolescentes em processo de tratamento crônico. Buscou-se, ainda, interligar condutas multidisciplinares preventivas e curativas no campo da humanização da assistência à saúde. Entende-se que o brincar é qualquer atividade que manifeste o uso da palavra, do movimento e da arte, e que tenha conotação lúdica para a criança. A resiliência, por sua vez, definida como capacidade que permite lidar de forma a prevenir, minimizar ou superar os efeitos das adversidades, foi usada na perspectiva de uma educação que favoreça atuações criativas, autônomas e empoderadas, promovendo o enfrentamento positivo de eventos adversos. Essas situações refletem em mudanças de vida, como as intermitentes alterações de domicílio e escola, bem como de sua vivência do tratamento, decorrentes do diagnóstico de câncer infanto-juvenil. Trata-se de um estudo de caráter interativo, abordado de forma qualitativa, tendo como instrumentos a entrevista semidirigida e a observação, e como estratégia de pesquisa o estudo de caso. Foram acompanhados, como participantes da pesquisa, um adolescente de dezoito anos e outra de doze anos, e duas crianças, uma de sete anos e outra de oito anos, hospedados no Grupo de Apoio à Criança com Câncer (GAAC-Ba), em parte dos anos de 2009 e de 2010. A análise foi realizada a partir de oito categorias, organizadas em três eixos temáticos. Para o tema referente ao manejo das adversidades, através da ludicidade, utilizaram-se características relacionadas ao aprendizado da resiliência. Os participantes destacaram, através de relatos e de observações, que a experiência lúdica põe em prática a criatividade, o senso de humor e a resolução de problemas, por exemplo, os quais são características relacionadas à saúde mental e emocional, bem como ao bem-estar e à qualidade de vida, metas da resiliência.
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/10858
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGE)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Maria das Gracas Machado.pdf474.65 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA