DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Odontologia >
Programa de Pós-Graduação em Odontologia e Saúde >
Dissertações de Mestrado (POSDONTO) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/10508

Title: Avaliação dimensional e do coeficiente de atenuação de ameloblastomas e tumores odontogênicos queratocísticos em imagens axiais por tomografia computadorizada
Authors: Santos, Christiano de Oliveira
???metadata.dc.contributor.advisor???: Rebello, Iêda Margarida Crusoé Rocha
Keywords: Ameloblastoma;Tumores odontogênicos;Tomografia computadorizada por raios x;Unidades hounsfield;X-ray computed tomography;Odontogenic tumors
Issue Date: 2008
Publisher: Programa de Pós- Graduação em Odontologia da UFBA
Abstract: Os ameloblastomas e tumores odontogênicos queratocísticos são relativamente comuns dentre as neoplasias odontogênicas, geralmente agressivos e com potencial de recidiva. Suas características clínicas e radiográficas são variáveis e o diagnóstico diferencial a partir de imagens convencionais possui importantes limitações. A tomografia computadorizada (TC) constitui uma valiosa ferramenta diagnóstica, pois elimina a sobreposição de imagens, possibilita a visualização detalhada das lesões e estruturas adjacentes e permite a realização de mensurações lineares e de coeficiente de atenuação. O coeficiente de atenuação obtido nas imagens por TC tem um importante significado ao representar, de forma numérica, diferentes densidades dos tecidos. O coeficiente de atenuação de ameloblastomas e tumores odontogênicos queratocísticos tem sido pouco investigado. O objetivo deste estudo foi caracterizar o padrão dos coeficientes de atenuação de ameloblastomas sólidos(AS), ameloblastomas unicísticos (AU) e tumores odontogênicos queratocísticos solitários (TQs) ou múltiplos (TQm), a partir de imagens axiais de 25 exames por TC. Em todos os cortes, de todas as lesões avaliadas, foram delimitadas regiões de interesse (ROI) correspondentes à maior área da lesão. Para cada ROI foram obtidas medidas de densidade (UHROI), desvio-padrão (DPROI) e heterogeneidade (HTGROI), que foram comparados entre os cortes centrais e periféricos de uma mesma lesão e entre os grupos. Adicionalmente, realizou-se análise dimensional a partir dos diâmetros mesio-distal (MD), vestíbulo-lingual (VL) e súpero-inferior, bem como as razões entre estas medidas, comparando-se os valores entre os grupos e entre as localizações em maxila ou mandíbula. As médias de UHROI encontradas foram: AS=35,9±12,6; AU=31,0±6,0; TQs=28,4±10,5 e TQm=30,5±20,6. Os TQs e TQm apresentaram os menores valores de coeficiente de atenuação e os maiores valores de heterogeneidade. Não houve diferença significativa dos valores de coeficiente de atenuação entre os AS e AU, contudo a heterogeneidade dos AS foi superior. Os AS mostraram padrão de densidade diferente entre o centro e a periferia da lesão, apresentando maior medida de UH e menor heterogeneidade nos cortes do terço central. As razões MD/VL e VL/SI não apresentaram diferença significativa entre os grupos. O crescimento no sentido VL foi menor que o MD e SI em todos os grupos. As lesões maxila apresentaram formato mais circular, com crescimento vertical discretamente maior que horizontal.
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/10508
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (POSDONTO)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação Christiano de Oliveira.pdf570.38 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA