DSpace

RI UFBA >
Instituto de Saúde Coletiva - ISC >
Teses de Doutorado (ISC) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/10290

Title: A complexidade da situação epidemiológica dos acidentes de trânsito
Authors: Macías, Guillermo Raúl
???metadata.dc.contributor.advisor???: Almeida Filho, Naomar Monteiro de
Keywords: Accident Prevention;Mortality rate;Prevenção de acidentes;Coeficiente de mortalidade;Acidentes de trânsito;Epidemiologia;Traffic accidents
Issue Date: 2009
Publisher: Programa de pós-graduação em Saúde Coletiva
Abstract: Objetivo: analisar o perfil sócio-demográfico dos óbitos por Acidentes de Trânsito (AT) de residentes no Município de Lanús (Província de Buenos Aires, Argentina) entre os anos 1998 e 2004. Material e Método: se realizou um estudo epidemiológico descritivo, utilizando dados oficiais de mortalidade da Argentina. Foram estudados os óbitos por AT segundo residência e ocorrência, codificados pela CID-10. As variáveis analisadas foram idade, sexo, nível educativo e condição de atividade. Foram utilizados dados econômicos para avaliar e comparar Lanús com os outros Municípios do Gran Buenos Aires, em termos dos coeficientes de mortalidade por AT. Foram realizadas análises uni e bivariadas, e calculada a Mortalidade Proporcional (MP) e a Razão de Mortalidade Proporcional (RMP). Realizou-se georreferenciamento dos óbitos segundo local de residência e de ocorrência da morte para avaliar a distribuição geográfica. Resultados: O perfil epidemiológico é composto principalmente por homens entre 20 e 29 anos, indivíduos com nível educativo primário completo (ou secundário incompleto) e que trabalhavam. Mais da metade deles era ocupante de veículo. O risco dos homens foi quase 3,5 vezes maior que as mulheres e, entre eles, os mais idosos apresentam as maiores incidências. Os analfabetos ou aqueles com formação primária incompleta possuem risco baixo, quase igual as das pessoas com nível educativo superior. A MP em Lanús é menor quando comparada com os Municípios do Gran Buenos Aires. Lanús aparece junto aos municípios que apresentam alta atividade comercial e menores taxas de óbitos. A respeito da georreferência, os achados mostram que os AT atingem mais a população que mora em locais com piores condições socioeconômicas. Conclusões: O município de Lanús apresenta um perfil de mortalidade por AT semelhante ao dos países desenvolvidos. A combinação de técnicas se apresenta como uma alternativa interessante para trabalhar com dados secundários, em pequenas áreas e com números pequenos. Esta pesquisa fornece aportes para a intervenção sobre os problemas ligados aos AT no nível individual e local. Destaca-se a necessidade de contar com estudos mais abrangentes, abordando o problema desde outros enfoques metodológicos.
Description: p. 1-184
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/10290
Appears in Collections:Teses de Doutorado (ISC)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
55555555555555555555555555.pdf2.18 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA