DSpace

RI UFBA >
Instituto de Química >
Programa de Pós-Graduação em Química >
Dissertações de Mestrado (POSQUIMICA) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/10010

Title: Avaliação crítica de métodos analíticos para determinação de arsênio e mercúrio em amostras de ácido sulfúrico de uma metalurgia de cobre.
Authors: Barbour, Reinaldo
???metadata.dc.contributor.advisor???: Korn, Maria das Graças Andrade
Keywords: Química Analítica;Química;Absorção atômica;Geração de hidretos;Geração de vapor frio;Arsênio e mercúrio;Analytical chemistry;Chemistry;Atomic absorption;Hydride generation;Cold vapour generation;Arsenic end mercury
Issue Date: 2007
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Química da UFBA
Abstract: Foram avaliados os desempenhos de três métodos analíticos baseados em: (I) espectrometria de absorção atômica com geração de vapor frio/hidretos por injeção de fluxo (FI-HG-AAS); (II) espectrometria de emissão óptica com plasma indutivamente acoplado com geração de vapor frio/hidretos em modo contínuo (HG-ICP OES) e, (III) espectrometria de emissão óptica com plasma indutivamente acoplado com introdução da amostra por nebulização pneumática (PN-ICP OES) para determinação de As e Hg em amostras de ácido sulfúrico. Os resultados obtidos indicaram que os três métodos avaliados podem ser utilizados para a determinação de As e Hg em ácido sulfúrico, com maior vantagem para o método (I), levando em conta o LOQ e o custo da analise. Os outros dois métodos possuem as vantagens da determinação simultânea dos dois analitos, a eliminação da etapa de préredução do arsênio e redução de dez vezes no volume final da amostra em relação ao método (I).O método (III) é a único que não utiliza geração de vapor frio/hidretos e portanto não consome NaBH4. Os limites de detecção para As e Hg, calculados como 3 vezes os desvios padrão do branco para os três métodos foram: método (I) As 0,07 e Hg 0,09 µg L-1; método (II) As 0,30 e Hg 0,18 µg L-1 e método (III) As 5 e Hg 3 µg L-1. Os desvios padrão relativos, RSD, para os três métodos foram, respectivamente, As 1,8 (5,0 µg L-1); 1,5 (50 µg L-1); 4,0 (50 µg L-1) e Hg 3,1 (5,0 µg L-1); 4,3 (5,0 µg L-1); 4,3 (5,0 µg L-1). As concentrações do NaBH4 utilizadas nos métodos FI-HG-AAS e HG-ICP OES, foram respectivamente, 0,05 e 1,5 % m v-1.
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/10010
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (POSQUIMICA)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Reinaldo Barbour.pdf2.08 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA